logotipo sobre relacionamento

Home | Sobre | Contato | p/Solteiras

15 dicas de como ser a pessoa certa para alguém

Como Conquistar Um Homem

Quem dá, recebe.

Esta é uma frase muito conhecida por todos nós, ela diz que se nós quisermos algo, primeiro precisamos dar algo em troca. Esta afirmação é uma das mais verdadeiras que existem na face da terra: se você quer que o universo conspire a seu favor lhe dando um presente, primeiro dê um presente ao universo.

Sei que parece um pouco abstrato, mas o que você tem que entender é que você jamais terá algo se primeiro não der outro algo em troca daquilo que você deseja.

  • Se quer passar em uma faculdade, dê em troca noites de sono e estudo;
  • Se quer uma promoção no seu trabalho, dê em troca seu esforço, disposição e colaboração acima da média;
  • Se quer ser melhor em um esporte, dê em troca muitas horas de treino e dedicação;
  • Se quer a amizade de alguém, ofereça a sua primeiro;
  • Se quer que alguém te trate bem, trate bem primeiro;
  • Se quer respeito, respeite;
  • Etc;
15 dicas de como ser a pessoa certa para alguém

Perceba que tudo na vida, para se conquistar, é preciso primeiro abrir mão de algo, dar algo em troca daquilo.

O mesmo acontece quando você pretende encontrar a pessoa certa na sua vida. Não adianta querer encontrar a pessoa certa se você não for a pessoa certa antes.

Em resumo:
Para ter a pessoa certa na sua vida, você precisa ser a pessoa certa pra vida de alguém.
É a lei imutável da natureza, a lei do quem dá recebe, a lei da semeadura: o que plantar, isto vai colher.

E é muito importante que você tenha isto em mente, senão quando alguém te perguntar porque você não deu certo com fulano ou beltrano, você dirá: "Ainda não era a pessoa certa". Ora, quem não era a pessoa certa? O outro ou você? Reflita...

15 Dicas para ser a pessoa certa


  1. Entenda que para encontrar alguém que te faça feliz, primeiro você tem que ser capaz de fazer alguém feliz;
  2. Dê valor si, pois senão ninguém dará;
  3. Não se envolva com qualquer um, pois as pessoas que verem isto vão pensar que você é um(a) qualquer;
  4. Aprenda a identificar seus erros antes de querer encontrar erros nos outros;
  5. Encontre seus defeitos e trabalhe para elimina-los ou diminuí-los bastante;
  6. Nunca se ache melhor que ninguém;
  7. Não seja uma pessoa ciumenta e possessiva, elimine isto da sua vida;
  8. Comece a entender que depois que se casa, acaba a privacidade. Não existe um espaço só seu, ou você divide tudo com a outra pessoa ou então não se case, ponto final;
  9. Seja seguro(a) de si para a outra pessoa sentir segurança em você;
  10. Entenda que quando estiver em um relacionamento, você não pode agir mais como solteiro(a), tendo "conversinhas" com amigos, ficando de papinho no whatasapp com pessoas do sexo oposto, flertando com outras pessoas. Isso tudo impede você de ser a pessoa certa;
  11. Corte esta história de "ficar" da sua vida. Se você aceita ser o "fica" de alguém, você aceita ser qualquer coisa;
  12. Não aceite "morar junto" de quem não assumiu um compromisso sério com você, como o casamento;
  13. Não aceite ser o objeto sexual de alguém, se preserve neste sentido, pois é muito fácil transar, mas difícil mesmo é ter o amor desta pessoa;
  14. Aprenda a fazer boas escolhas, baseadas na razão e não na emoção. Um grande problema das pessoas é que sempre escolhem as pessoas erradas, sem analisar como elas são de verdade;
  15. Esteja definido para fazer as 15 dicas anteriores, pois se você não tiver muita força de vontade e determinação para fazê-las, você desistirá e sempre será a pessoa errada.

60 dias para ser a pessoa certa


Eu escrevi um livro digital, ou seja, um e-book, cujo título é "60 dias para ser a pessoa certa". Este ebook traz a você 60 lições e desafios diários, de modo que você aprenda a ser a pessoa certa de verdade. 

A pessoa certa, além de seguir estas 15 dicas que dei neste artigo, tem muito mais qualidades e capacidades. O meu e-book visa desenvolver em você os comportamentos necessários que são capazes de te tornar a pessoa certa, uma pessoa que sabe muito bem quem é, como fazer para ter o amor verdadeiro de alguém, como se comportar para ter felicidade e como escolher bem o seu par ou, caso já tenha alguém, influenciar este alguém na mudança pelo seu exemplo.

Não dá para falar tudo sobre o livro aqui, mas quero que você clique no link abaixo e conheça minha história e tudo que há neste livro digital, bem como o que ele PODE E VAI fazer por você.







*Você se sentiria feliz em compartilhar este artigo?

Somente clique no botão se
você nunca foi feliz no amor!

3 comentários:

  1. Muito Boa abordagem. tem me ajudado bastante, pese embora em alguns momentos tenho estado no desespero, que chego a nao acreditar nessas palavras.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não se desespere, creia, vai dar tudo certo.

      Excluir
  2. Oi Alan, td bem? Preciso de um conselho masculino..rs
    Meu namorado é irlandes mas vive na Inglaterra, nos conhecemos na Irlanda durante meu intercambio e 2 meses depois ele se mudou. Eu senti que desde que ele foi pra Inglaterra ele mudou e sempre tive q dar uns puxoes de orelha e por vezes, terminei mas logo ele vinha dizendo q precisa de mim e q me ama. Eu sempre fui tranquila sobre ele sair com amigos, mas desde uma epoca em q ele comecou a brigar cmg pra passar o fds "livre", eu perdi totalmente a confianca nele e me tornei insegura qto ao relacionamento e mto possessiva, ciumenta, e pegajosa,reconheco e tento sempre melhorar. Ele tb é mto assim e sempre foi ate pior, desde o inicio me acusava de ficar com outros sendo q eu so saía com ele,sempre monitorou com quem estou, onde, q horas voltei ou deixer de voltar, e isso da parte de ambos, sempre só piorou as brigas existentes desde o inicio.
    Como vivemos longe, ele quer casar pra eu ir morar em Londres com ele, so q eu ainda nao terminei a faculdade. Entao pra nao ficar tao longe dele, pedi minha transferencia pra Portugal, pois nao tenho dinheiro p pagar universidade na Inglaterra e ele sabe disso.
    Eu fui aprovada e ele disse q estava feliz por mim, ate foi em Portugal comigo e na universidade, mas depois q ele ficou em Portugal uns dias sozinho e eu iniciei o processo de visto, ele mudou pra mto pior: voltou a me ignorar qdo quer sair com amigos, ja nao é carinhoso, esta sempre com cara de enterro na camera e dizendo q sente minha falta e me quer vivendo com ele e hoje disse q eu quebrei o coracao dele por ir pra Portugal, mas nem se importa em conversar na camera e qdo sim, quer sexo virtual e que eu mostre meu corpo e venho dizendo sempre nao. Poxa, eu conversei e expliquei q nd vai mudar da minha parte, q sao menos de 2 anos e msm sendo um longo tempo, ja transferi pra estar mais perto dele e disse q nunca escondi ter medo de casamento e de nao pensar nisso, mas q ele mudou minha ideia mesmo em pouco tempo (estamos juntos há quase 1 ano contando desde que conhecemos e de namoro 8 meses), mas que quero terminar a facul primeiro e tal. Resumindo: perguntei se ele quer continuar e se acha q consegue lidar com a distancia por mais um tempo, ele disse que sim, mas td hora fica me dizendo pra casar com ele mas me tratando como se nao houvesse tanto interesse mais, ate me disse q nao confiaria de deixar eu mexer em nenhuma conta dele depois de casado e gastar dinheiro pois ele precisa de uma garantia em dinheiro caso eu o deixe, eu fiquei arrasada pois eu nao o deixaria assim, oq eu sempre digo a ele é q nao vou ficar tolerando falta de respeito, amor, carinho, pois isso é basico e q tb nao qro depender do dinheiro de ninguem, q ambos devem contribuir. E realmente ja estou desanimada, ate de conversar com ele com aquela cara de enterro, pq mesmo eu sendo chata briguenta e dando sermao de basta qdo precisa, eu o trato com respeito e carinho, toda escolha importante pra ele eu apoio sem pensar 2x e me magoa ele dizer que apoia mas agir assim, dizer que quer estar junto e mas se mostrar desinteressado.. Ele faz com q eu sinta que a culpa de tudo isso é minha que nao qro casar às pressas.

    ResponderExcluir

Cuidado com palavrões e ofensas de qualquer tipo discriminatório.