quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Meu passado me condena. E agora?

Existem pessoas que dizem “meu passado me condena” e por isso ficam preocupadas na hora de encontrar um novo relacionamento. Elas acham que por terem feito coisas ruins no seu passado, a pessoa que for se relacionar com ela irá rejeita-la. Infelizmente isto acontece com muita frequência realmente. Muitas pessoas são abandonadas quando seu par descobre o que ela fez de ruim lá atrás na sua vida. Quando escrevemos o artigo “No amor o casal deve olhar para frente”, falamos da importância de não ficar lembrando as coisas do passado dentro do relacionamento, mas e quando o passado de um dos dois dentro do relacionamento volta para assombrar? O que fazer? Isto eu não posso dizer, mas posso dar algumas dicas para que isto não venha acontecer.
Quando se entra em um relacionamento, você não entra sozinho nessa. Pois você traz toda uma bagagem que tem carregado durante toda a sua vida. E o mesmo se dá com relação a outra pessoa.

Imagine o seguinte:

“Você vai casar e, na hora de subir ao altar, você e seu par levam uma mochila nas costas. Esta mochila representa todo o seu passado e todo o passado do seu amor. Antes de vocês dizerem sim um do outro, que tal dá uma vasculhada cada um na mochila do outro?” (leia Razão Vs Emoção)

meu passado me condena

Infelizmente tem passado que não podemos suportar.


Já imaginou casar com um homem que viveu condenado num presídio por assassinato e só descobrir isto depois de dizer sim no altar? Será que uma mulher poderia suportar isto? Talvez até sim, mas só se soubesse do passado dele antes de se casar, pois se soubesse depois provavelmente o resultado seria uma sepação.

Já imaginou casar com uma mulher que foi prostituta e só descobrir isto depois do casamento? Mas um resultado que daria em separação. A não ser que o cara soubesse desta vida dela antes de ter se casado ou entrado num relacionamento. A maioria dos caras não suportaria  isto. (leia Porque você não deve seguir seu coração)

O que fazer então para que meu passado não venha a me condenar no futuro?


Simples, abra o seu passado para quem você ama. Você não quer ser abandonado(a) por coisas que você fez antigamente, mas também não quer viver escondendo algo de suma importância do seu amor.

Se uma pessoa começa um relacionamento e ela quer que ele dê certo, é preciso ser sincero e abri o seu passado para que a outra pessoa conheça, pois assim ela pode decidir se quer continuar ou não com você. É preciso ter fidelidade no relacionamento e isto implica em contar a verdade sobre sua vida e não somente em não haver traição.
Embora as pessoas digam “não importa o seu passado, o que importa é daqui pra frente”, a realidade não é bem assim, pois existem passados que voltam para assombrar, mesmo que a pessoa não queira. Portanto o melhor a fazer é sempre abrir o seu passado para quem você ama, para que no futuro este passado não volte para o presente e venha a destruir seu relacionamento.

Além disso um relacionamento sério é baseado em confiança e, se uma pessoa gosta de você de verdade, esta pessoa não vai se importar com o seu passado, desde que você fale dele abertamente com ela.

Espero que tenha sido esclarecedor este artigo, grande abraço para vocês e, por favor, clica em curtir ai no facebook.



Sobre o autor do Blog

Alan Ribeiro é autor do blog SobreRelacionamento.com desde novembro de 2011, onde posta dicas de relacionamentos para os mais variados tipos de casos. Tem formação de técnico em informática e estuda bacharelado em administração na UFPA.
Comentários
4 Comentários

4 comentários :

  1. depende quem faz 10 faz 11 e bom saber do passado e principalmente o pq?/ do terminos antigos experiencia propria quem vive falando mal do seus ex um dia falara de vc tbem qdo for ex, e se fez com ex tbem sera a proxima vitima . quem ja foi traido! vc sera vitima de uma truma dessa pessoa do passado ,SABER DO PASSADO E BOM ai saberemos com quem estamos lidando

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, é sempre bom saber do passado. Mas existem pessoas que mudam e cabe a nós decidirmos se vamos aceitar a pessoa ou não. Grato pelo comentário. Abraços!

      Excluir
  2. Um dos melhores sites que ví!. Tenho dois casos ilustrativos. O primeiro foi o do meu tio.Conheceu uma das morenas mais lindas e apaixonou-se. Ela aviso que tinha sido "mulher de visitas"(1940).Não escondeu nada. Ele aceitou e viveram juntos, ela teve 03 filhos e só acab ou quando ela morreu. Já outro, comigo, já separado conhecí uma também separada e eu disse: "eu quero lhe contar tudo que se passou comigo,para não ter supresas. Contei realmente tudo inclusive que meu casamento acabou por causa de minhas infidelidades(muitas). Ela falou o passado dela e cometeu um grande erro. Contava mas, escondia o principal. Foi quando depois de um ano voltamos a uma cidade que ela estagiou e dormiu com um primo(ela me contou)arrependeu-se,sentiu suja e passou a detestar ele. Na cidade ela não deixou de falar no nome dele e dormindo no hotel falou várias vezes que amava ele!. Fiquei irritado e discutimos.No outro dia na casa da tia dela ficou nervosa e não parava de olhar para ele. Fiquei sabendo que tiveram um caso e dormiram várias vezes e que gostou ao máximo. A discussão foi maior no hotel e disse para ela porque não foi sincera e me contara tudo? ela alegava que o passado era dela e eu não tinha direito de questioná-la pois me era fiel e dedicada. Acabou minha confiança e vivemos uma relação conflituosa até hoje. Antônio Maria

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi o que eu disse amigo neste artigo. Infelizmente o passado conta muito sim. Devemos saber com queme estamos lidando para saber se podemos aguentar o fardo desta pessoa. Obrigado pelo comentário.

      Excluir

Cuidado com palavrões e ofensas de qualquer tipo discriminatório. Comente sempre e apareça no nosso TOP COMENTADORES.